Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Vinho diferente é o mínimo que podemos falar sobre o Tapada do Coronel Vinho de Talha. Este branco das alturas do Alentejo, na Serra de São Mamede, é vinificado em talhas, grandes ânforas de barro, com um corte de vinhas antigas misteriosas!
Lusovini
Product ID: 155
Product SKU: 155
New In stock />
Tapada do Coronel Vinho de Talha 2017

Tapada do Coronel Vinho de Talha 2017

Marca: Lusovini
Ref: 103420
Disponibilidade: Imediata
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

17,5 Vinho Grandes Escolhas

 

Um vinho diferente e único. Este branco das alturas do Alentejo, na Serra de São Mamede, é vinificado em talhas, grandes ânforas de barro, técnica que se origina com os antigos romanos e persiste até hoje em algumas aldeias desta região de Portugal.

 

A Lusovini, após adquirir a Quinta Sericaia, em Portalegre, na Serra de São Mamede, começou a experimentar a elaboração do “talha” nos velhos recipientes encontrados dentro da propriedade. A opção foi por elaborar um branco que, em alguns aspectos, se assemelha a um vinho laranja.  

 

Feito com um field blend de uvas de vinhas velhas do vinhedo Tapada do Coronel, com predominância de Arinto, Roupeiro e Antão Vaz, segue todos os preceitos da regulamentação da CRVA. Elaborado sem qualquer tipo de intervenção enológica, pode-se dizer que seja a expressão natural do terroir no qual se localiza, somado à influência da talha. É um branco quase “laranja” pela similaridade tanto no processo de elaboração, muitas vezes também feito em ânforas, quanto na característica levemente oxidativa de ambos. 

 

Apesar de não filtrado, o vinho é bastante límpido, de coloração amarelo-palha. Seu aroma evidencia o tipo de elaboração, com grande presença de frutos secos, especiarias e também notas terrosas. Em boca, é sólido, complexo e de grande acidez, com uma presença interessante de taninos não notados normalmente em brancos. Não deixa, de forma alguma, sobressairem-se seus robustos 14% de álcool. 

 

Com um bom potencial de guarda, pode ser consumido com os pratos típicos do Alentejo, como a açorda, espécie de sopa com base de pão, alho, especiarias e carnes, enriquecida com carnes ou peixes. Embutidos grelhados e pratos mais pesados à base de frutos do mar também são ótima escolha para acompanhar este grande vinho. Recomenda-se seu consumo em temperaturas mais quentes, entre 12 e 14 graus. 

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • País: Portugal
  • Região: Alentejo

Produtor

Lusovini

País

Portugal

Região

Alentejo

Tipo

Branco

Uva

Antão Vaz, Roupeiro e Arinto e outras vinhas velhas

Volume

750ml

Safra

2017

Teor alcoólico

14%

Temperatura de serviço

12º - 14ºC

Vinificação

Fermentação típica em talha (ânforas de barro), sem qualquer intervenção enológica

Maturação

Em talhas (ânforas) de barro

Corpo

Intenso

Potencial de guarda

7 anos

Harmonizações

Embutidos, como presunto cru,  empadão de galinha